quinta-feira, 18 de maio de 2017

INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL MAXIMILIANO GAIDZINSKI
“OS AMIGOS”
Turma: Nível V
Professora: Carina
Estagiária: Maria Eduarda

A HISTÓRIA DA ESCRITA: TUDO INICIOU NA PRÉ- HISTÓRIA.

A pré-história foi um período marcado pelo desenvolvimento humano e pelas grandes descobertas feitas pelo homem pré-histórico.
A arte na pré-história o homem das cavernas representava as ações que fazia no seu dia a dia desenhando nas paredes das cavernas. O carvão entre outros, era um elemento muito importante na Arte Rupestre. Baseados nesta arte milenar, as crianças do nível V, realizaram a releitura deste momento utilizando papel pardo e com o carvão fizeram desenhos representando cenas do seu cotidiano.
Iniciamos os trabalhos conversando com as crianças sobre a importância da escrita e sobre os avanços tecnológicos que nos da praticidade, mas que precisamos usar com responsabilidade.

 Como sistematização de tudo que aprendemos, as crianças  assistiram ao filme Os Grunds” que relata a vivencia e a sobrevivência das pessoas no tempo das cavernas. Logo após foi realizado desenhos na argila, representando a vivencia dos homens das cavernas.

A HISTÓRIA DA ESCRITA


PAINEL HISTÓRIA DA ESCRITA

DESENHOS NA ARGILA



INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL MAXIMILIANO GAIDZINSKI “OS AMIGOS”
Turma: Nível III
Professora: Rosilene
Estagiária: Estefani

CONTAÇÃO DE HISTÓRIA: "EMÍLIA A BONECA GENTE"

            A literatura infantil é muito importante para formação da criança, por meio dos livros e contos infantis ela enfocará: o ouvir, o contar e o recontar.
Este tema foi escolhido pela importância da obra de Monteiro Lobato e pelas amplas possibilidades que o mesmo oferece para o desenvolvimento da imaginação, do faz de conta e incentivando o gosto pela leitura.
A personagem Emília da história do sítio do Pica-Pau Amarelo visitou as crianças do nível III contando, narrando suas histórias e aventuras.

As crianças ficaram encantadas ao verem a personagem ali presente com elas, brincaram e nas vivências da personagem desenvolveram suas próprias vivências.



INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL MAXIMILIANO GAIDZINSKI
“OS AMIGOS”
Turma: Nível V
Professora: Carina
Estagiária: Maria Eduarda

NOSSO MUNDO, NOSSA CASA
                                                      
            Quanto mais cedo abordar questões com as crianças, maiores as  chances de despertar a consciência pela  preservação.
Considerando que o meio ambiente é: a terra em que pisamos, o ar que respiramos, a água, as plantas, os animais, os lagos e as lagoas, os oceanos, e também o nosso corpo, optou–se por trabalhar com este tema na sala do Nível V, por saber da importância do meio ambiente em nossas vidas e a necessidade de percebermos que tudo o que fazemos interfere nas mudanças que nosso mundo/ meio ambiente sofre.

            E sensibilizando as crianças e os adultos sobre a importância da água para a vida, contribuímos para a formação de uma consciência ecológica infantil. 




quarta-feira, 7 de outubro de 2015

21° FESTIVAL DE DANÇA DE COCAL DO SUL

O 21° Festival de Dança de Cocal do Sul realizado nos dias 23 e 24 de setembro de 2015 teve como tema a Literatura. O palco se transformou em um belo espetáculo de cores e movimentos que encantou o público. “Foram duas noites muito bonitas. Fiquei encantada com as coreografias, figurino e organização. Estão de parabéns”, avaliou a visitante Alice de Jesus.Trinta danças foram apresentadas pelos alunos das escolas municipais, estaduais, particulares e academias. Cada uma delas expressou clássicos da literatura. A primeira noite do Festival (23) abriu com a apresentação do Coral Musical da EEF Demétrio Bettiol, sob regência da Maestrina Silvia Teixeira. Neste dia, a IEI Os Amigos apresentou a coreografia “A magia das bruxas e dos lobos” nos relembrando personagens consagrados através dos tempos, que ainda hoje fazem sucesso entre as crianças, mesmo que não estejam presentes no contexto real de suas vidas, como a bruxa e o lobo mau. As professoras responsáveis pela coreografia foram Bárbara Zuchinali e Sandra Bez Bati Pessi.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

A GALINHA RUIVA 




As professoras Cheila Dusioni e Fernanda Kanareki, acreditaram  na possibilidade da magia do momento da contação da história. Decidiram organizar e planejar situações para as crianças da  Turma Mista I  onde vivenciaram a história da Galinha Ruiva. Para começar a colocar a história em prática proporcionaram para as crianças a visita da personagem: A galinha ruiva. Em seguida foi realizado o plantio do milho com a participação de todos valorizando a ajuda mútua, a amizade, o respeito, a paciência e o companheirismo. Optamos em apresentar surpresas e novidades as crianças, proporcionando a  participação na realização de uma  deliciosa receita do bolo de milho, compreendendo a importância de uma alimentação saudável. Finalizamos o planejamento realizando a dramatização da história cantando e dançando a música da galinha ruiva.  

domingo, 31 de maio de 2015

O CIRCO DA ALEGRIA

O circo é uma das mais antigas e completas manifestação populares e artísticas, pois durante o espetáculo, sob uma lona colorida, tem música, teatro, dança, cenografia e figurino apropriados que encantam a platéia; um espetáculo de magia que faz até hoje a alegria não só das crianças,como também de muitos adultos.

Ampliando o universo de brincadeiras, enfatizando a fantasia do circo no cotidiano das crianças.    A turma mista I, juntamente com as professoras: Cheila, Camila,Fernanda, Loumax e Vanilde ( professoras da hora atividade)  desenvolveram uma atividade referente ao circo.

O circo da alegria que proporcionou momentos de magia, brincadeiras e dramatizaram o personagem palhaço que faz a alegria do circo. O grupo finalizou, apresentando o espetáculo na segunda feira do livro.

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Construindo Vínculos na Adaptação

 

A turma do Pré III, da Instituição de Educação Infantil “Os amigos” juntamente com a professora Sandra desenvolveram o projeto: “Construindo Vínculos na Adaptação”. Uma das atividades previstas neste projeto era conhecer a história da escrita. O que chamou atenção das crianças foi perceber que há muito tempo atrás  os homens pré-históricos não tinham casa para morar. Descobriram então que as cavernas e grutas podiam abrigá-los da chuva, do frio, do sol, bem como dos animais perigosos.  

Também  faziam ali seus registros. Após ouvir a história, cada criança recebeu argila  para fazer  uma pedra  e nela um desenho, depois  com a  mediação da professora  juntaram  as pedrinhas   montaram  a  caverna. Em seguida com argila cada um modelou árvores, rios, peixes, animais, alimentos, fogueira, em fim algo que tenha chamado sua atenção na história. Partindo deste fato, conversamos um pouquinho da história de cada um e de suas famílias. 

Este foi o início de um novo projeto que embora desse continuidade ao anterior, teve como objetivo  conhecer um pouco da história de cada um, através de sua casa , sua  família, bem como os diferentes tipos de habitação tanto das pessoas como dos animais.As crianças construíram com a ajuda da Professora uma cabana no parque, com taquaras e folhas de palmeira onde brincam, criando novas experiências.